Dicas e Notícias

O que é tomografia computadorizada?

Por 14/05/2021No Comments
O que é Tomografia Computadorizada?

A tomografia é um exame não invasivo de diagnóstico por imagem com funcionamento semelhante ao raio-x.

Ela tira várias radiografias de diferentes ângulos, que são combinadas por computadores programados para obter imagens da parte interna dos pacientes. O aparelho produz radiografias transversais, gerando imagens bem detalhadas.

Esse exame oferece uma visão fiel dos ossos, órgãos, vias aéreas, partes moles e vasos, criando um mapa tridimensional da parte do corpo em análise. Por isso é muito melhor do que uma radiografia comum.

Para que serve a tomografia?

O exame de tomografia é indicado por muitos especialistas. Ele tem a finalidade de criar imagens que permitam o diagnóstico e monitoramento de diversas doenças, condições e alterações, como traumas cranianos, processos infecciosos, pneumonia, aneurismas, hemorragia, lesões ortopédicas e até mesmo acidentes vasculares cerebrais (AVC).

Além disso, a alta resolução das imagens geradas possibilita detectar nódulos ainda pequenos que, mais tarde, podem vir a se tornar tumores.

O exame pode ser indicado tanto para emergências quanto para o diagnóstico precoce e entrega resultados rápidos.

Como funciona tomografia computadorizada?

A tomografia computadorizada é realizada por um técnico radiologista, que acompanha o exame todo de uma sala que fica ao lado da área onde o procedimento acontece, conhecida como sala de controle.

O paciente deve se deitar em uma maca, em posição que varia de acordo com a parte do corpo em análise, sempre orientado por um profissional. A mesa desliza para dentro do aparelho do tomógrafo, uma espécie de túnel. Após estar em seu interior, um tubo de raio-x passa a se mover em volta do paciente, emitindo feixes de radiação que são captados e decodificados por softwares de computador.

Durante o exame, o paciente deve permanecer imóvel para evitar que haja distorção nas imagens e, em alguns casos, o técnico responsável pode pedir que ele realize manobras específicas, como prender a respiração.

Após o procedimento, as imagens geradas são avaliadas por um médico.

A tomografia é um exame indolor e não causa nenhum desconforto. Sua duração pode variar entre 10 e 30 minutos.

Como é o preparo para realizar tomografia?

O paciente deve chegar na clínica vestido roupas confortáveis pelo menos 30 minutos antes da realização da tomografia. Além disso, ele deve se despir de qualquer objeto metálico, como joias, óculos, dentautras, piercings, prendedores de cabelo e sutiãs, pois podem afetar as imagens. O hospital pode fornecer um avental para a realização do exame.

Além disso, antes do procedimento, o técnico responsável fará uma pequena entrevista para verificar se o paciente sofre de alergias, quais as doenças prévias, cirurgias, se possui algum dispositivo implantado como marcapasso, pinos pelo corpo e quais medicamentos usa.

O profissional pode indicar que o paciente faça jejum de 4 a 8 horas antes de realizar a tomografia, para permitir melhor visualização e para que o contraste, quando indicado, seja melhor absorvido. Também pode ser indicado o uso de laxantes ou enemas para limpar o intestino, quando é este órgão que está em avaliação.

Ainda, o médico pode suspender o uso de medicamentos, como metformina, glucophage, glucobay, glicofage, glifage, glucoformin, staform, glucovance, glipemil e dimefor no do exame e nos dois dias seguintes, pois podem ter reação com o contraste.

Quem não pode fazer tomografia?

A tomografia computadorizada é contraindicada para gestantes ou mulheres com suspeita de gravidez, uma que a radiação pode ter efeitos maléficos sobre o feto, principalmente na fase inicial da gravidez.

O técnico responsável pode suspender o uso de metformina por pacientes diabéticos quando o exame for realizado com contraste. Além disso, pessoas asmáticas ou alérgicas necessitam passar por avaliação antes do uso de contraste.

O uso de sedativos para a realização do exame pode ser indicado em pacientes que tem dificuldades de se manterem imóveis por causa de doenças, problemas mentais, ansiedade ou para crianças.

Tomografia é perigoso?

A tomografia não oferece riscos ao paciente quando obedecida a periodicidade e as recomendações do profissional responsável pelo exame.

Por se tratar de um procedimento que utiliza raios-x para criar as imagens, é fundamental não ultrapassar a dose anual de radiação recebida por esse tipo de exame. Por isso, sua quantidade deve ser registrada no laudo. O recomendado é que seja realizada no máximo uma vez por ano.

Os maiores riscos que o paciente está sujeito ao realizar a tomografia estão relacionados ao não cumprimento das orientações do médico ou técnico, que pode desencadear uma reação ao contraste, por exemplo.

Além disso, a radiação traz malefícios para o nosso corpo, como a formação de câncer, por exemplo. No entanto, as chances são mínimas.

Tipos de tomografia

Existem mais de 40 variações do método tomógrafo, utilizados para avaliar diferentes partes do corpo com objetivos específicos para o diagnóstico por imagem de diversas doenças e condições. No entanto, os principais tipos de tomografia são:

Tomografia com contraste

O contraste é indicado para dar mais nitidez no resultado do exame. O composto pode ser administrado no paciente por via oral ou injetado.

Ele é absorvido pelos tecidos e facilita a observação de problemas em regiões vascularizadas, alterações no crânio, coluna, abdome e articulações.

O contraste deve ser usado com atenção, seguindo estritamente todos os cuidados recomendados pelo médico. Além disso, o paciente pode sentir um leve desconforto durante sua aplicação, como sensação de calor ou um gosto amargo na garganta.

Tomografia do tórax

A tomografia do tórax é indicada para investigar infecções, doenças vasculares, rastrear ou acompanhar a evolução de tumores. Ela auxilia no diagnóstico de doenças nos pulmões e da caixa torácica, como pneumonia, embolia pulmonar, asma, tuberculose, hipertensão pulmonar, entre outras condições.

Tomografia da coluna

A tomografia da coluna é indicada para examinar ossos, articulações e tecidos moles da coluna lombar. O exame serve para verificar hérnias, tumores, ferimentos, infecções, entre outros problemas.

Tomografia de crânio

A tomografia de crânio tem o objetivo de avaliar a região do cérebro e caixa craniana para investigar traumas, infecções, hemorragia, hidrocefalia, presença de aneurismas, assim como acidente vascular cerebral (AVC), traumatismo craniano, tumores, fraturas e malformações.

Onde fazer tomografia computadorizada?

A tomografia computadorizada geralmente está disponível nas clínicas especializadas em exames de imagem, hospitais ou laboratórios.

A Magnus é uma clínica especializada no diagnóstico através de exames de imagem. Atendendo no Sul de Minas, nas cidades de Alfenas, Varginha e Itajubá, chegando até Campinas, em São Paulo, a instituição é excelência na área.

Reconhecida no mercado por trabalhar com os melhores e mais modernos equipamentos disponíveis no mercado, além de equipe altamente capacitada, a Magnus entrega exames de qualidade, proporcionando um diagnóstico ainda mais preciso.

Conheça as unidades onde oferecemos o exame de tomografia computadorizada:

📍 ALFENAS/MG

Rua Martins Alfenas, 2760, Lot. Siqueira

Telefone: (35) 3299-6350

WhatsApp: (35) 98843-1567

📍 CAMPINAS/SP

Avenida das Amoreiras, 1894, Parque Industrial

Telefone: (19) 3272-7789

WhatsApp: (19) 99794-1074

📍 VARGINHA/MG (Ressonância 3 Tesla)

Alameda Olívio Bregalda, 595, Santa Luíza

Telefone: (35) 3214-9016

WhatsApp: (35) 99810-3469

📍 ITAJUBÁ/MG

Av. Bps, 239, Pinheirinho

Telefone: (35) 3622-8879

WhatsApp: (35) 99717-4679

Agende já a sua consulta ou entre em contato conosco clicando aqui